ClickGeo: Cursos e Treinamentos em Produção de Mapas e Geoprocessamento

Descrição Técnica do Formato Esri Shapefile

Descrição Técnica do Formato Esri Shapefile

Você sabia que há um documento oficial produzido por esta desenvolvedora que detalha a descrição técnica do shapefile? Sempre é bom ter este documento em mãos (mesmo que em meio digital) para uma consulta que se fizer necessária.

O shapefile é o formato vetorial mais amplamente utilizado no mundo inteiro. Você provavelmente já utilizou por inúmeras vezes este formato que foi originalmente desenvolvido pela empresa Esri, criadora do ArcGIS.

ARCGIS – O SOFTWARE DESKTOP GIS DA ESRI

O primeiro software para Sistemas de Informações Geográficas (SIG) que ofereceu suporte ao shapefile foi, logicamente, o ArcGIS.

Separamos abaixo alguns links que podem lhe ajudar a começar a construir ou ampliar seus conhecimentos sobre este programa:

Hoje o formato shapefile é suportado por diversos programas de Geoprocessamento, como o Quantum GIS, SuperGIS, gvSIG, entre tantos outros.

CONHEÇA MELHOR O FORMATO SHAPEFILE

É digno de nota que o shape é considerado praticamente um formato universal, embora já esteja defasado tecnologicamente e não seja mais a melhor opção de armazenamento de dados geográficos em estruturas vetoriais (Dica: Pesquise sobre bancos de dados geográficos).

Descrição Técnica do Formato Esri Shapefile

Faça o download do material (34 páginas) elaborado em 1998 pela Esri, utilizando o link abaixo:

Agora, aguardamos seus comentários sobre esta dica de hoje.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

]]>

9 thoughts on “Descrição Técnica do Formato Esri Shapefile

  1. Anderson
    Desenvolvi uma aplicação no Google e sei como criar um KML (pt,Linha e area), estudei esse formato.
    Mas tenho que salvar esse KML gerado na página em SHP.
    tem algum “pgm” que posso adicionar/ativar na página para fazer isso, assim eu posso salvar na pasta em SHP.
    Ou seja converter KML em SHP na própria página
    Obrigado antecipadamente
    abçs
    Gilson

    1. Importe para o ArcGis ou QGIS diretamente. Observação importante você precisa ter as colunas com a posição geográfica dos pontos (x, y, seja geográfica ou plana, isso vc vai informar no software). É importante saber a projeção, etc…
      Não precisa de um software específico.

  2. Olá Anderson…
    Sou formado em geologia, gostaria dar continuidade à minha formação na área de geoprocessamento.
    Será podes me ajudar neste sentido?

  3. bom dia Anderson medeiros tenho uma empresa em agua boa mt de licenciamento ambiental porem eu teceiriso o serviços de mapas vc nao tem um curso individual para essa finalidade tenho interesse em aprender fazer os mapas ta me saindo muito caros kkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode gostar destes