Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Quantum GIS: 4 Características Notáveis!

QGIS-Geotecnologias

O Quantum GIS (QGIS) é um dos meus softwares livres para Sistemas de Informação Geográfica (SIG) favoritos e sei que muitos outros, profissionais e estudantes, da área de Geotecnologias também têm apreciado os avanços que tornam o QGIS um programa cada vez mais robusto e confiável. Nesta matéria vou enumerar algumas de suas características que considero mais notáveis.

Conto desde já com seus comentários para ampliarmos essa lista sobre o que torna um QGIS um aplicativo tão atraente.

1. INTERFACE GRÁFICA AMIGÁVEL

A plataforma na qual o QGIS foi construído contribui muito para que ele tenha uma das mais amigáveis e intuitivas interfaces. Tudo muito bem organizado. Por exemplo, na imagem abaixo, é difícil identificar quais ícones são utilizados para salvar alterações no projeto, criar um documento em branco ou aplicar zoom ao mapa?

Interface

A localização dos menus seguem critérios lógicos, por assim dizer, o que facilita que o usuário encontre o recurso desejado.

2. SUPORTE À INÚMEROS FORMATOS DE DADOS GEOGRÁFICOS

Este fator sempre me chamou à atenção no Quantum GIS. Se não me engano, meu primeiro contato com ele foi devido à necessidade de um programa que pudesse ler os formatos nativos do programa comercial MapInfo, tais como o TAB (.tab). O QGIS atendeu essa demanda de forma excelente.

Hoje são inúmeros os formatos de dados geográficos suportados, tanto no formato vetorial como matricial. A imagem abaixo dá uma ideia das opções para o caso de dados vetoriais. Note como a lista é extensa.

Formatos de Dados Geográficos

3. COMPLEMENTOS PODEROSOS

O QGIS já apresenta um interessante conjunto de ferramentas nativas para operações de Geoprocessamento e análise espacial, mas suas funcionalidades podem ser extendidas de forma exponencial através de plugins, que em sua maioria são desenvolvidos com a linguagem python.

Plugin Python

Por exemplo, um dos módulos que mais vem ganhando destaque é a extensão Sextante, um conjunto de algorítmos que fornecem robustas ferramentas para análise espacial e tratamento da informação geográfica.

Já publiquei aqui no blog algumas dicas sobre como trabalhar com esses complementos no ambiente do QGIS. Veja algumas:

4. ASPECTOS EXTERNOS AO SOFTWARE

O inteiro projeto Quantum GIS é fascinante e tornam o QGIS uma das melhores opções no que se refere à softwares de SIG. Isso inclui também os aspectos externos ao programa computacional em sí.

Para exemplificar, considere os seguintes fatores comentados em outras postagens aqui no blog:

Estes são apenas 4 (quatro) dos aspectos que mais me chamam a atenção no Quantum GIS e fazem com que ele seja o eleito como programa oficial de SIG em boa parte do projetos na área de Geotecnologias dos quais participo.

O que você acha? O que acha notável no Quantum GIS? Deixe seu comentário.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

]]>

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Receba novidades

Junte-se a milhares de pessoas que recebem em primeira mão todas as novidades