Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Método Geoestatístico para Modelagem Ambiental

Método Geoestatístico para Modelagem Ambiental

O artigo que vamos divulgar aqui tem como objetivo utilizar ferramentas de Geoestatistica para modelar a variabilidade espacial dos dados e aplicar algoritmo Krigagem Indicativa para mapear a distribuição de mercúrio e matéria orgânica.

ANÁLISE GEOESTATÍSTICA E KRIGAGEM

O artigo Método geoestatístico para modelagem ambiental de poluentes em sistemas lacustres – Amazônia Ocidental foi publicado no XIII SBSR.

ClickGeo: Cursos de GeotecnologiasA geoestatística se fundamenta na teoria das variáveis regionalizadas. O semivariograma experimental é a ferramenta geoestatística que permite avaliar o comportamento espacial da variável regionalizada ou de seus resíduos e demonstra o tamanho da zona de influência em torno de uma amostra;  a anisotropia; e a continuidade ou não na origem.

A entrada de dados foi organizada no ArcGIS de forma a receber fontes de dados raster, uma imagem RGB LANDSAT TM 7, dados de GPS coletados em campo e dados vetoriais obtidos através da digitalização de imagens.

Método geoestatístico para modelagem ambiental de poluentes em sistemas lacustres

A análise variográfica foi realizada a partir do módulo Geoestatistical Wizard do ArcGIS que consistiu no cálculo de semivariogramas experimentais para as variáveis, matéria orgânica e mercúrio.

Definiu-se então no ArcGIS um modelo teórico de semivariograma para representar a variabilidade espacial da variável por indicação.

DOWNLOAD SOBRE MODELAGEM AMBIENTAL

A Geoestatística mostrou ser uma ferramenta eficaz na modelagem ambiental de poluentes em sedimentos de lagos. Para fazer o download do artigo na íntegra, basta clicar no link abaixo.




Temos outros materiais, inclusive apostilas que podem ser úteis em seu estudo sobre Geoestatística:

Aguardamos seus comentários.

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

]]>

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Receba novidades

Junte-se a milhares de pessoas que recebem em primeira mão todas as novidades