Share on facebook
Facebook 0
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn 0

Como Extrair Curvas de Nível de um MDE com ArcGIS

Como Extrair Curvas de Nível de um MDE com ArcGISComo obter curvas de nível a partir de um modelo digital de elevação (MDE)? Esta pergunta será respondida neste nosso tutorial. O processo envolve uma atividade bastante comum em projetos de Geoprocessamento, pois engloba dados geográficos com grande aplicabilidade em vários ramos (gestão urbana, meio ambiente, construção civil, etc). Este material ilustra o exemplo de uma das inúmeras ferramentas do ArcToolBox, do ArcGIS.

COMO GERAR CURVAS DE NÍVEL NO ARCGIS

Este tutorial está disponível também em vídeo. Aproveito para convidar você para se inscrever gratuitamente em nosso Canal no Youtube:

https://www.youtube.com/watch?v=fT_tMRkrCIs

Neste exemplo vamos gerar as curvas de nível a partir de um MDE visualizado no ArcGIS, conforme está ilustrado na imagem abaixo.

MDE com ArcGIS

Acesse o menu GeoprocessingArcToolBox, como na imagem, ou clique diretamente no ícone correspondente na barra de ferramentas.

ArcToolBox, do ArcGIS

Após abrir o ArcToolBox, navegue pelo seguinte caminho: Spatial Analyst ToolsSurfaceContour (dê um clique duplo sobre esta opção).

ArcToolBox - ArcGIS

Na janela Contour, informe em Input raster informe a camada correspondente ao MDE, que neste nosso exemplo se chama DEM. Em Output polyline features indique o diretório onde serão salvos os vetores das curvas de nível.

Indique em Contour interval a equidistância entre os valores das curvas a ser processadas (neste exemplo estamos trabalhando com 0,1 m = 10 cm). Por fim, clique em OK para que se inicie o processo.

Extrair Curvas de Nível de um MDE com ArcGIS

As imagens abaixo exemplificam o resultado que podemos obter seguindo os passos anteriores.

Como Extrair Curvas de Nível de um MDE com ArcGIS

Aplicando certo nível de zoom podemos verificar melhor o vetor gerado.

Curvas de Nível de um MDE

O que acharam do processo? Imaginavam que era algo tão simples?

Aguardamos seus comentários sobre este tutorial e deixamos a recomendação que leia também as seguintes matérias:

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

]]>

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Receba novidades

Junte-se a centenas de pessoas que recebem em primeira mão todas as novidades