Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

QGIS: Geração de Buffer com Plugin MMQGIS

QGIS: Geração de Buffer com Plugin MMQGIS

A geração de buffers, também chamados de áreas ou zonas de influência, tem grande aplicabilidade em projetos de Geoprocessamento, inclusive no ramo ambiental, como, por exemplo, na delimitação de Áreas de Preservação Permanente (APP). Veja neste tutorial um método diferenciado para criação de buffer no QGIS.

COMO FAZER BUFFER NO QGIS

A ferramenta nativa do QGIS para geração de buffer se encontra no menu Vetor → Geoprocessamento → Buffer…. Este recurso é bem intuitivo e de fácil utilização. Mas desde já adiantamos que o método que vamos ensinar aqui tem um diferencial bastante positivo!

Pelo modo descrito no parágrafo acima, a unidade do raio a ser usado para criação do buffer será definida de acordo com o sistema de referência de sua camada/projeto. Assim, se você estiver trabalhando com dados/projetos em um sistema de coordenadas geográficas (lat/long ou grau decimal) ao digitar, por exemplo, o valor 200 para o raio, o programa entenderá que isso se refere à 200 graus e não metros ou quilômetros!



Entretanto, quando utilizamos o complemento MMQGIS para criação de buffer o sistema de referência de seu projeto ou do dado de entrada não interfere na unidade utilizada. Esta é definida pelo usuário, através de uma lista de opções!

Neste tutorial vamos criar uma área de influência com raio de 200 metros em torno de um rio, como o representado abaixo, num projeto do QGIS.

QGIS - Buffer com MMQGIS

Logicamente, recomendamos que, se ainda não o fez, instale imediatamente o complemento MMQGIS. Vejamos como utilizar esta ferramenta para criação de buffer no ambiente amigável do QGIS.

MMQGIS PARA CRIAÇÃO DE BUFFER

Quando instalamos o plugin MMQGIS, é criado um menu com o nome do completo. Assim, para realizar nossa operação desejada, acesse:

  • MMQGIS → Create → Create Buffers

Plugin MMQGIS - Software QGIS

Fique bem atento aos vários parâmetros existentes na janela que será aberta (imagem abaixo). Vamos comentar cada um deles a partir de agora.

Geração de Buffer com Plugin MMQGIS

  • Source Layer:

Informe a sua camada de entrada. Esta pode ser do tipo ponto, linha ou polígono. O tipo de geometria desta camada influencia na disponibilidade de alteração dos demais parâmetros.

Neste exemplo, estamos utilizando como layer de entrada no processo uma camada do tipo linear, chamada RIOS.

  • Radius Unit:

Aqui está um grande diferencial desta ferramenta. Independente do SRC (Sistema de Referência de Coordenadas) do seu dado/projeto, você poderá escolher qual será a unidade do raio para geração do buffer.

As opções disponíveis para este parâmetro são: Metros, pés, milhas e quilômetros. Neste tutorial, utilizamos a opção metros.

  • Buffer Shape:

Este parâmetro é um outro ponto forte do complemento e que não existe na ferramenta padrão do QGIS. É possível criar vários tipos/modelos de zonas de influência.

Explicando melhor: Não é apenas possível criar buffer com forma arredondada (Rounded), como fizemos aqui no tutorial. Algumas das outras opções disponíveis são: lado norte, lado sul, lado leste, entre outras.

  • Fixed Radius / Radius Attribute:

Estes dois parâmetros permitem ao usuários definir o valor numérico para criação do buffer. Pode-se optar por um valor fixo (como fizemos neste tutorial, 200 metros) ou escolher um campo da tabela de atributos que contenha o valor que deve ser usado para cada seguimento.

OBS: Marque a quadricula  Selected Features Only caso queira gerar o buffer apenas para algumas feições, que tenham sido selecionadas previamente. Em Output Shapefile escolha onde será salvo o arquivo de saída (o plugin apresentou alguns erros quando a camada foi salva apenas na memória temporária).

O resultado da operação está ilustrado na imagem abaixo.

Como gerar Buffer no QGIS usando Plugin MMQGIS

O que achou desta dica? Entendeu as vantagens de optar por este recurso em vez de usar a ferramenta nativa para buffer no QGIS?

Por favor, deixem seus comentários sobre este tutorial. Aproveite e nos diga se deseja que elaboremos outros tutoriais sobre uso do complemento MMQGIS, que é muito poderoso!

Outras dicas relacionadas com nosso tutorial de hoje:

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

]]>

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Receba novidades

Junte-se a milhares de pessoas que recebem em primeira mão todas as novidades