Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Comparação entre ArcGIS e gvSIG na Elaboração de Mapas

Comparacao - ArcGIS X gvSIGNo processo de escolha do software de Geoprocessamento mais adequado para seu projeto é significativo que se façam testes e pesquisas sobre comparações de desempenhos entre diferentes programas. Nesta matéria você terá a indicação de um interessante artigo, publicado recentemente, e que ilustra um comparativo entre dois dos aplicativos para Sistemas de Informações Geográficas (SIG) mais utilizados no mundo: gvSIG e ArcGIS.

Leia também: Artigos sobre Uso Prático do Quantum GIS

GVSIG X ARCGIS

Nos anais do XVI Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto, realizado em abril de 2013, foi publicado um artigo de autoria de Talita Peixoto de Oliveira Sátiro e Silvio Jorge C. Simões, da Universidade Estadual Paulista (UNESP) onde é apresentada uma relevante comparação entre os softwares gvSIG e ArcGIS.

O título completo do trabalho é: Comparação entre dois Sistemas de Informação Geográfica (ArcGIS e gvSIG) na elaboração de um mapa de potencialidade para a silvicultura baseado em elementos do meio físico – a bacia do rio Paraíba do Sul (Porção Paulista).

Cursos Online de AutoCAD 2D e 3D

A metodologia adotada baseou-se na suposição de que é possível identificar e avaliar as potencialidades regionais para a silvicultura partindo da interação entre elementos do meio físico. Desta forma, utilizando-se os mesmos critérios que foram aplicados para produzir o mapa de potencialidade do ArcGIS se procurou elabora o mapa de potencialidade com o gvSIG no sentido de comparar os resultados.

A partir dos procedimentos empregados anteriormente foi possível produzir e comparar os dois mapas de potencialidade possibilitando comparar os resultados alcançados com os dois programas.

COMPARANDO MAPAS FEITOS COM ARCGIS E GVSIG

As imagens abaixo foram extraídas do artigo já citado, página 4, e ilustram o resultado obtido em ambos os softwares. O primeiro foi construído no ArcGIS e o segundo no gvSIG.

Deve-se destacar que o processo realizado no ambiente do ArcGIS foi em formato matricial e, no ambiente do gvSIG, em formato vetorial.

[caption id="attachment_27775" align="aligncenter" width="577"]Mapa de Potencialidade a Silvicultura com ArcGIS Mapa de Potencialidade a Silvicultura com ArcGIS[/caption] [caption id="attachment_27780" align="aligncenter" width="591"]Mapa de Potencialidade a Silvicultura com gvSIG Mapa de Potencialidade a Silvicultura com gvSIG[/caption]

Conforme explicado em detalhes no trabalho, os mapas finais obtidos pelos dois métodos, de uma forma geral, têm as mesmas características e indicaram como áreas potenciais regiões parcialmente semelhantes. Assim, pode-se afirmar que os procedimentos metodológicos para a definição das áreas potenciais para a silvicultura do eucalipto, em escala regional, estão relativamente coerentes indicando uma correspondência parcial dos resultados.

DOWNLOAD DE ARTIGO COMPARANDO ARCGIS E GVSIG

Nosso objetivo nessa matéria é apenas de divulgar o trabalho de excelente qualidade desenvolvido pelo Sílvio e pela Talita. Recomendo fortemente que leia o trabalho na íntegra para compreender plenamente a metodologia utilizada, bem como tirar proveito das discussões realizadas pelos autores. Tire você mesmo suas conclusões sobre este comparativo:

Como é mencionado nas considerações finais do artigo, deve-se atentar ao fato de que a comparação feita entre os dois programas pode ser considerada como preliminar e necessita de maior aprofundamento, como por exemplo, por meio da exploração das ferramentas de manipulação de dados raster do software gvSIG e que não estão disponíveis de forma nativa no programa, mas apenas em extensões específicas.

Recomendo ainda que leia os seguintes itens publicados em nosso site sobre comparativo entre ferramentas de Geotecnologias:

Assine nosso FeedAssine nosso Feed e receba nossas atualizações por e-mail. Curta nossa página no Facebook [PortalClickGeo] e siga nosso Twitter [@ClickGeo] para continuar atualizado sobre o Mundo das Geotecnologias.

]]>

Compartilhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Receba novidades

Junte-se a milhares de pessoas que recebem em primeira mão todas as novidades